English version
  Versão em Português

   The Club
   The Bulldog
   Ranking
   Breeders
   Oversea Breeders
   Membership
   Where We Are
   Membership Subscription
   BCB Services (Member Only)
   Bulldog Store
   Puppies to Sell


Criação


    HOME | Site Map | Contact us | More Links | Members Login



Front page com foto de autoria da Sra.Stellamaris Luz Rodrigues, STELLFERS KENNEL, RS. Imagem de Filhote geração STÉLLFERS

PROPORÇÃO e SIMETRIA - Simetria no Bulldog é aquele conjunto de coisas indescritivelmente bonitas, que faz com que todas as diferentes partes se ajustem para formar o Bulldog ideal.



Por Edward M. Vardon, M.D.

A SIMETRIA - é definida como a devida proporção entre as partes do corpo com inteiro equilíbrio; harmonia.

PROPORÇÃO - é definida como o próprio equilíbrio ou a relação de todas as partes.

BALANÇO - é definido como movimento oscilatório num conjunto de duas ou mais partes de um conjunto.
Simetria no Bulldog é aquele conjunto de coisas indescritivelmente bonitas, que faz com que todas as diferentes partes se ajustem para formar o Bulldog ideal.

A cabeça, é uma das mais importantes partes do corpo do bulldog, deverá ser grande – deverá ter a sua circunferência similar à altura do cão, medindo do nível do piso até a altura na cernelha. Claro que, uma cabeça que seja demasiadamente grande em proporção ao corpo, dará uma aparência grotesca ao animal. Freqüentemente a cabeça é muito pequena. E, em ambos os casos, a simetria será perdida. Você adquire o sentido das coisas que prejudicam a simetria. Olhos podem ser muitos pequenos em proporção à cabeça e prejudicar a aparência. Eles podem estar fixados muito juntos, e estar uma posição errada ou estar num ângulo errado. O nariz pode ser muito pequeno, dando uma aparência de estar comprimido e o stop pode estar inserido muito alto ou muito baixo, assim destroem o correto balanço entre o comprimento da face dianteira e o comprimento do crânio.
As orelhas podem estar inseridas muito alto ou muito baixo, qual dá uma falsa impressão da largura do crânio. A largura imprópria da mandíbula inferior é outro fator que pode facilmente destruir a proporção da cabeça.

O equilíbrio (balanço) entre o comprimento da pata e comprimento do corpo é essencial.



Cada individuo é um individuo quando falamos em proporção e simetria. O mesmo pode ser dito sobre o comprimento de corpo. Se as patas são muito compridas em relação ao corpo ou se o corpo é muito curto em relação às patas, o indivíduo terá uma aparência com extremo destaque para as patas. Se as patas forem também muito curtas em relação ao corpo, ou se o corpo for muito longo em relação às patas, este individuo terá uma aparência inversa ao exemplo anterior – e apresentará o tipo dachshund (basset).

Peito é importante. Falta de peito normalmente permite as pernas dianteiras ficarem juntas fechadas (unidas) , enquanto confere uma aparência de ser um cão mais alto ou com a frente mais estreita. Excesso de peito é usualmente acompanhado por relaxamento nos ombros. Isto permitirá o peito para imergir para muito longe e dá ao Bulldog uma aparência exagerada a qual também destrói o balanço.

Extremidades das patas pobres (pés de coelho), alargam os pés e fazem os pés se aparecerem muito com pés de lebre.

Uma visão de perfil também revelará de muitos modos diferentes se existem faltas na simetria.

Falta de peito faz um Bulldog parecer tubular (corpo de mortadela) falta de um dorso carpado e de peito faz um Bulldog parecer gordo. Peito exagerado acompanhado por ombros caídos (soltos) levam muita semelhança para um Bulldozer ou um escavador de batata.

A inserção da cauda é também muito importante. Uma alta inserção da cauda ou uma inserção baixa que leva a cauda diretamente até os jarretes, normalmente destrói aquela bonita curvatura carpada na parte de trás que desce até a raiz da cauda. As supracitadas faltas fazem o rabo parecer estar aderido em um extremo. Que seja dito, também, que a situação ao reverso pode fazer com que a cauda fique fixada muito baixa, mas, isso é muito mais incomum.

O espaço que nós temos aqui não permitirá discussão de todas as coisas que poderiam ser ditas sobre as "patas de gazela" e a relação destas patas com o resto do corpo dos bulldogs, porém, é muito importante visualizar sempre os Bulldogs de perfil para obter neste conjunto a visão traseira.

Nós deveremos também mencionar a angulação das patas traseiras, jarretes e pés. As patas traseiras podem estar muito juntas ou estar muito distantes. Um espécime pode estar com um jarrete de vaca ou o seu reverso (barril), e é claro, isso imediatamente afetará a movimentação do Bulldog a começar pela base dos pés.

O posicionamento das costelas é muito essencial, especialmente quando o espécime é visto do topo (de cima para baixo). Se o Bulldog for de baixa qualidade, se aparece longo e estreito. Relaxamento de ombros, numa simples observação, também pode fazer com que o individuo pareça estar faltando-lhe costelas. A impressão que falta costelas no cão, é provavelmente um dos dois mais comuns defeitos quando o bulldog é visto de cima para baixo, um bulldog deveria ser mais largo através dos ombros, seguido pelas costelas e estreitando até chegar aos lombos. Isto é o que amolda o corpo no desejado formato em “pêra”.

Obesidade é outra grande causa da falta de simetria quando o bulldog é visto de cima. Isso é comumente mais aparente em cada lado dos lombos e isto provoca o alargamento do pescoço da pêra (no Bulldog a parte mais estreita da pêra se refere aos lombos). A maioria de vocês sabe que quando visto de acima, o Bulldog deve ser mais largo pelos ombros, próximo pelas costelas, e estreito na região dos lombos. Isto dá ao Bulldog o desejado corpo em molde de pêra.

Simetria entre a frente e a traseira e o meio é mais importante e necessário para a verdadeira movimentação de um Bulldog.

Sem a própria simetria nós nunca conseguiremos o verdadeiro andar de roll.


Autor BCB NEWS
em 30/10/2017

Links relacionados:
PÁGINA COM A RELAÇÃO DE LINKS DOS CANIS ASSOCIADOS COM FILHOTES DE BULLDOG

FACEBOOK DO BULLDOG CLUB DO BRASIL - VÍDEOS DE FILHOTES DISPONÍVEIS
FACEBOOK THE BULLDOG CLUB OF BRAZIL - VÍDEOS DE FILHOTES DISPONÍVEIS