English version
  Versão em Português

   O Club
   O Bulldog
   Ranking
   Os criadores
   Os Criadores Estrangeiros
   Os Sócios Contribuintes
   Aonde estamos
   Como se associar
   Serviços BCB (para sócios)
   BulldogStore
   Filhotes para venda


Criação


    HOME | Mapa do Site | Entre em contato | Outros Links | Entrada de Sócios



Um Bulldog é novo membro da família

Um Bulldog é novo membro da família - Por fim chegou o dia tão esperado em que o novo filhote ingressará na tua casa.



Acima, foto de filhote Geração MURTHA BULLDOGS (BA), ilustra o artigo didático do BCB

Um Bulldog é novo membro da família

Por fim chegou o dia tão esperado em que o novo filhote ingressará na tua casa.


Antes de levá-lo a sua nova residência, sem dúvida, deves planejar cuidadosamente sua chegada. Recorde que teu filhote necessitará tempo para ajustar a própria vida com a vida do distinto amo. Pode mostrar-se apreensivo em relação ao ambiente em que se encontra, havendo passado as primeiras horas de sua vida com a mãe e seus irmãos sentirá falta deles, porém a transição se completará em alguns dias se lhe for dado carinho e houver muita paciência de tua parte.

As primeiras impressões têm suma importância, sobretudo do ponto de vista do filhote e podem muito bem fixar a pauta da futura relação dele contigo.

Deves ser sempre consistente na forma de tratar o filhote, de forma que ele compreenda o que esperas dele.

Deve chegar a confiar em ti e respeitar-te como seu tratador e dono.

Cuida dele com cuidado e atenção e ver-se-á recompensado durante muitos anos com a sua leal companhia.

Considerando as necessidades do filhote e prevendo-as antecipadamente será facilitada a adaptação na sua nova morada.

Prévia preparação

Ao preparar a chegada de um filhote provavelmente o mais importante de tudo será averiguar com o criador como ele esteve sendo cuidado os seguintes tópicos:

Que marca de comida lhe foi dada ?

Qual a quantidade e a freqüência com que esta comida foi subministrada?

Se foi educado ? e se a resposta for positiva Que método foi empregado ?

Trate de prosseguir na rotina, iniciada pelo criador a quem compraste o filhote e logo gradualmente podes ir fazendo as trocas de acordo com o teu próprio estilo de vida.

Por exemplo, se teu filhote se acostumou a fazer micção sobre jornais, armazene jornais, e coloque sempre folhas nos locais escolhidos para que ele aprenda a utililizar esse lugar de forma de “quarto de asseio”.

Provê-lhe de alguma quantidade de alimento que esteja acostumado há que uma troca brusca de alimentação poderia provocar transtornos digestivos.

Outro ponto a ser considerado é o lugar de estar e de dormir. Proporcione-lhe uma cama adequada e situa-a num lugar bem cômodo e agradável de forma que quando lhe apeteça fazer um cochilo ele saiba para onde deve se retirar. Ele necessitará também de uma coleira ou um peitoral, uma guia e um objeto para morder que apresente segurança (como, por exemplo, Nylonbone ou Gomabone – Osso de nylon ou osso de goma) e alguns produtos úteis para asseio. Também necessitará de um comedouro e de um bebedouro.

Nota do BCB On-Line: Ao comprar o filhote peça ao criador um retalho de pano ou de carpete que tenha sido utilizado no ninho da mãe (não pode estar lavado e nem deverá lavá-lo). O olor que está impregnado no tecido (ou pedaço de carpete) fará o filhote ficar calmo pois ele se sentirá ambientado na nova casa porque é através do olfato que ele identificará o aroma tão familiar. O retalho poderá ser fixado com uns pontos de costura na parte superior da nova cama do filhote (se for uma do tipo colchonete em material de espuma e revestida por tecido).

O Nylonbone ou Gumabone podem ser substituídos por mocotó bovino fresco e fatiado na espessura de 1,5 - 2 cm, e que deve ir ao fogo na água fervente adicionando sal para dar sabor. Deixe ferver por pelo menos 30 minutos. O mocotó deve ser dado sempre morno, nunca quente ou gelado. Quando o filhote for roer o mocotó sitie-o numa varanda. O confinamento vale se o local estiver com a temperatura fresca, nunca confine o seu filhote em locais quentes. Depois que ele ficar cansado de roer o mocotó faça a higiene do filhote limpando a face dele com um pano de algodão umedecido. Limpe o local, dispense a sobra de mocotó colocando-a na lixeira para impedir a putrefação, a proliferação de bactérias e assim evitar que atraia moscas e outros insetos (mesmo que o mocotó ainda contenha carne, pele e tutano deverá ser descartado) e escalde a terrina em que ela foi servida.



Matriz com filhotes Geração MURTHA BULLDOGS (BA), ilustra o artigo

Versão em Castelhano
Versión en Castellano
Spanish Version

El nuevo miembro da la familia

Por fin ha llegado el día tan esperado en que el nuevo cachorro haga su gran entrada en tu casa. Antes de llevarlo a su nueva residencia, sin embargo, debes plantear cuidadosamente su . Recuerda que el cachorro necesitará tiempo para ajustar su vida con su amo distinto. Puede mostrarse algo aprensivo respecto al raro entorno en que se encuentra, habiendo pasado las primeras horas de su vida con su madre y su hermanos, pero la transición se completará en unos días si pones se cariño y paciencia por tu parte.

Las primeras impresiones tienen su importancia sobre todo desde el punto de vista del cachorro y pueden muy bien sentar la pauta de su futura relación contigo. Debes ser siempre consistente en la forma de tratar al perro de forma que comprenda lo que esperas de él. Debe llegar a confiar en ti y respetarte como a su cuidador y dueño. Cuida de él con cuidado y atención y te verás recompensado durante muchos años con una compañía leal.
Considerando las necesidades del cachorro y previéndolas anticipadamente se facilitará el pase de su anterior morada a la nueva.

Preparación Previa

Al preparar la llegada del cachorro probablemente lo más importante de todo es averiguar del vendedor cómo se ha estado manteniendo.

¿Qué marca de comida se le ha estado ofreciendo?

¿Cuánto y con qué frecuencia se le ha suministrando?

¿Ha sido adiestrado?, y sí es así ¿qué método se le empleó?

Trata de proseguir cualquier rutina, iniciada por la persona a quien le compraste el cachorro y luego gradualmente puedes ir haciendo los cambios de acuerdo con tu propio estilo. Por ejemplo, si tu cachorro te le ha acostumbrado al papel, almacena periódicos, y coloca estos en un lugar elegido para que él aprenda a utilizar ese lugar a manera de “cuarto de aseo”.

Provéete de alguna cantidad de alimento a que esté acostumbrado ya que un cambio brusco de alimentación le podría provocar trastornos digestivos.

Otro punto a considerar es el lugar de estar y de dormir. Proporciónale una cama adecuada y sitúala en un lugar cómodo y agradable de forma que cuando le apetezca descabezar un sueño sepa donde retirarse. Se necesita también un collar o un arnés, una correa y un objeto para morder que presente seguridad (como, por ejemplo, Nylabone o Gumabone) y algunos útiles de aseo. También se necesita un par e platos fuertes; uno para la comida y otro para el agua con los que se prepara el “comedor”.



Acesse as contas do facebook do Bulldog club do Brasil através dos links abaixo relacionados


Autor BCB NEWS
em 19/1/2018

Links relacionados:
PÁGINA COM A RELAÇÃO DE LINKS DOS CANIS ASSOCIADOS COM FILHOTES DE BULLDOG

FACEBOOK DO BULLDOG CLUB DO BRASIL - VÍDEOS DE FILHOTES DISPONÍVEIS
FACEBOOK THE BULLDOG CLUB OF BRAZIL - VÍDEOS DE FILHOTES DISPONÍVEIS